Em cima da hora:
População detém suspeito de roubar menor no Centro de São Carlos, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Quase metade dos estudantes passa de ano sem aprender “bulhufas” de nada


    24/03/2014 às 04:39h
    Recomendar



    Pesquisa divulgada hoje (24) pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) traz dados que para muitos de nós educadores não é novidade em qualquer pedaço de chão do território nacional: o elevado índice de estudantes que passam de ano mas estagnam na aprendizagem.

    De acordo com Apeoesp, quase a metade dos alunos (46%) da rede estadual de ensino paulista admitiu, durante a pesquisa, que já passou foi transferido de uma série para outra sem aprender “bulhufas de nada”. No entanto, a pesquisa também revelou que 94% dos pais, 75% dos alunos e 63% dos professores criticam a progressão continuada (aquela política de que o aluno não pode perder de ano).
    Tanto no estado paulista, quanto aqui na Bahia, os estudantes são prejudicados diariamente por conta da falta dos professores titulares das disciplinas e não há substitutos para impedir o déficit na quantidade de horas/aulas. De acordo com a pesquisa, em São Paulo os estudantes ficam em média 6 vezes, ao mês, sem aula porque professor não vai dar aula.
    Recentemente a TV Subaé exibiu uma matéria mostrando o gargalo da educação básica no município de Santo Estevão. Lá, estudantes concluíram a primeira etapa do Ensino Fundamental sem sequer saber todas as letras do alfabeto. Isto é fruto do descaso com que os governantes tratam a educação básica.
    Infelizmente esse é o cenário dos futuros profissionais que vão tecer o novo Brasil. Meninos e meninas, vítimas de um sistema cruel, que os impedem de ver o mundo além das sombras que lhes são mostradas, sofrem a mais grave das consequências do neoliberalismo: a ignorância. Jovens, que poderiam brilhar na sociedade, ficam com grande déficit na aprendizagem por conta das políticas mesquinhas que regulam a educação em nossa país. 
    Os governos põem máscaras nos alunos e os enviam pelos descaminhos da ignorância infinita.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia