Em cima da hora:
Enchente atinge bananais em três cidades do Vale do Ribeira, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Educação inclusiva marca 2º dia da Jornada Pedagógica


    30.01.2014 20h00m
    Recomendar


    Reportagem: Cintia Pina/FE
    Foto: Fernanda Fontes/FE


    Em seu segundo dia, a Jornada Pedagógica 2014 trouxe para os professores da rede de ensino municipal de Feira de Santana a discussão sobre a educação especial no Brasil. Com o tema "Currículo escolar e diversidade: desafios da inclusão escolar", os professores ouviram pela manhã as doutoras Eniceia Gonçalves Mendes (UFSC), Ludmila Cavalcante (UEFS) e Tânia Dantas (UNEB) sobre educação especial, educação no campo e educação de jovens e adultos (EJA). Durante a tarde, as palestras foram sobre educação infantil e educação para as relações étnico-raciais, com Maurícia Evangelista e o professor doutor Henrique Cunha Júnior (UFC).                                       
    A professora doutora Eniceia Gonçalves falou sobre a importância de ter um serviço de educação especializado para os alunos com necessidades especiais. Em sua palestra, ela explicou o que é o Atendimento Educacional Especializado (AEE), um serviço de educação especial desenvolvido na rede regular de ensino para organizar os recursos pedagógicos e de acessibilidade para eliminar as barreiras que existem e possibilitar a participação dos alunos, considerando as suas necessidades específicas, e apresentou dados da sua pesquisa. De acordo com ela, foram 820 mil matrículas de alunos especiais no Brasil no ano passado, e 78,2% delas foram feitas em escolas públicas.
    Os alunos que apresentarem deficiência, tanto de natureza física como intelectual ou sensorial (visual e surdez parcial ou total), devem ter o apoio no seu desenvolvimento e ter disponível nas escolas o ensino de linguagens e códigos específicos de comunicação e sinalização. As escolas devem oferecer ainda tecnologia assistiva e produzir materiais didáticos e pedagógicos de acordo com as necessidades específicas dos alunos.
    A professora da UEFS, Ludmila Cavalcante, apontou em sua fala que os temas debatidos na jornada não podem ser vistos como problemas resolvidos, pois são fenômenos sociais que precisam ser analisados com cuidado.
    A participação dos professores no segundo dia foi menor, mas o auditório do Olimpo permaneceu lotado durante todo o evento. Amanhã, dia 31, as atividades serão realizadas nas próprias escolas, com programação coordenada pelos gestores escolares.


  • Cicaf abre inscrição para diversos cursos


    30.01.2014 18h28m
    Recomendar

    O Centro Integrado de Capacitação e Apoio ao Adolescente e Família Gilsa Melo – Cicaf– está com inscrições abertas para diversos cursos. Básico Integrado para Adolescentes, Manutenção em Micro, Corte e Escova, Depilação, Massagem Corporal, Manicure e Pedicure, Garçom e Garçonete, Salgados e Pavimentação. Além destes, Cláudio Costa, coordenador do órgão, disse que o Cicaf a partir deste ano também vai oferecer um novo curso: Auxiliar Administrativo.
    Os interessados poderão se inscrever entre os dias 10 e 14 de fevereiro no local. No ato da inscrição os jovens e adolescentes devem apresentar cópias da Carteira de Identidade, comprovante de residência, Número de Inscrição Social –   NIS e duas fotos 3x4.  O Cicaf fica localizado na rua Manoel Matias bairro Tanque da Nação, em frente ao CEPAH, próximo ao Terminal Central. Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone(75) 3614-8875.



  • Perigo a caminho da escola: 47% do transporte escolar está irregular em Feira


    27.01.2014 11h08m
    Recomendar


    O prazo para vistoria encerrou na última sexta-feira (24) e apenas 37 dos 70 veiculos cadastrados estão legalizados / Foto: Washington Nery/Secom

    Pais e/ou responsáveis por estudantes, sobretudo da Educação Infantil e do Ensino Fundamental devem prestar bastante atenção quando for contratar o transporte escolar para conduzir seus filhos à escola a partir da próxima segunda-feira, 03 de fevereiro, quando começam as aulas na rede particular de Feira de Santana. 47,1 % da frota ainda opera na irregularidade.
    De acordo com SMTT, Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito de Feira de Santana, 33 veículos de uma frota de 70, ignoraram a vistoria anual realizada pelo órgão para dar mais segurança e tranquilidade ao usuários do serviço. Apenas 37 veículos foram vistoriados este ano até a última sexta-feira (24) quando encerrou o prazo da vistoria. Segundo o secretário da pasta Ebenezer Tuy, não haverá prorrogação do prazo.  “Publicamos o edital com cinco dias de antecedência, fizemos ampla divulgação nos meios de comunicação e agora tomaremos as providências necessárias, como a cassação da permissão e fiscalização nas ruas”, disse o secretário.
    Fiscalização
    Uma operação de combate ao transporte de escolares que não foram vistoriados e aqueles que também operam na irregularidade já estão na lista negra da SMTT. De acordo com o secretário Ebenezer Tuy, não haverá colher de chá para os inadimplentes.  “Vamos observar, nas portas das escolas, os veículos que estão regularizados. Os que não compareceram, e também aqueles que são clandestinos, deverão ser recolhidos para o pátio da secretaria”, disse.
    Itens da vistoria
    Os principais elementos que fazem parte da vistoria são os pneus, o extintor, o triângulo, macaco, as cadeirinhas, no caso do transporte de crianças até quatro anos, e o tacógrafo, considerado fundamental para garantir maior segurança. Além do selo de autorização afixado no para-brisa do  veículo, o condutor também precisa deixar à mostra o crachá de cadastrado.



  • MEC divulga segunda chamada de selecionados do Sisu


    27.01.2014 09h52m
    Recomendar

    Ministério da Educação (MEC) divulgou na manhã desta segunda-feira a lista de selecionados do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) na segunda chamada. O resultado pode ser conferido na página do Sisu. Em 2014, foram mais de 2,5 milhões de inscritos.
    Os convocados nesta fase devem fazer sua matrícula entre os dias 31 de janeiro e 4 de fevereiro. O candidato que não comparecer na data prevista à instituição que o selecionou perderá a vaga. Local, horário e procedimentos para a inscrição devem ser verificados pelo estudante na escola em que foi selecionado.
    Na primeira edição do Sisu em 2014, o sistema oferece 171,4 mil vagas, em 4.723 cursos de 115 instituições públicas de Ensino Superior. O Sisu seleciona estudantes com base nas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A inscrição está restrita ao estudante que tenha participado da edição de 2013 do exame. Fica impedido de se inscrever quem tirou zero na prova de redação.



  • Professor do ensino médio pode aderir a pacto a partir do dia 20


    17.01.2014 15h24m
    Recomendar

    Começa na segunda-feira, 20, a adesão dos professores ao Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio, que este ano vai oferecer formação continuada a educadores de todas as disciplinas. A expectativa do Ministério da Educação é ter a adesão dos 495,6 mil docentes do ensino médio que trabalham em 20 mil escolas públicas do país.

    A adesão dos professores será feita no SisMedio, sistema informatizado de cadastro desenvolvido para atender ao público do pacto. O professor que aderir à formação será cadastrado pelo diretor da escola. Cada educador receberá bolsa mensal de R$ 200 para fazer a formação, que será presencial e desenvolvida na própria escola. Para participar, o docente deve atuar em sala de aula e estar registrado no Censo Escolar de 2013.

    Os conteúdos, desenvolvidos por universidades públicas, serão inseridos nos tablets enviados no ano passado pelo MEC às secretarias de Educação dos estados e do Distrito Federal. Cada secretaria assumiu a responsabilidade de distribuir os tablets aos professores da rede. Os professores vão destinar seis horas semanais à formação continuada. Serão três horas são de aulas coletivas e três de estudos individuais.

    O Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio foi instituído pela Portaria nº 1.140/2013, publicada no Diário Oficial da União de 9 de dezembro de 2013. Os critérios e normas sobre o pagamento de bolsas de estudos e pesquisa no âmbito do pacto constam da Resolução nº 51/2013, publicada no Diário Oficial da União de 16 de dezembro de 2013.



  • MINDDRIVE: A escola onde tudo é um jogo

    Onde fica - Kansas City, EUA / Número de alunos - 50 / Tipo - Comunitária (ONG) e gratuita
    10.01.2014 13h03m
    Recomendar


    Um grupo de alunos está reunido na sala de aulas no meio de um debate caloroso. Mas a lição aqui não é de matemática ou história - eles estão tentando adaptar um carro normal em um modelo ecológico e econômico. Essa é apenas uma das lições desta escola, chamada Minddrive, no Kansas, EUA. De fato, o maior feito dos alunos por lá é ter desenvolvido um veículo elétrico capaz de rodar 128 km com a energia equivalente à de 1 litro de combustível. Esta não é uma escola normal, claro. O Minddrive, na verdade, é um reforço escolar para adolescentes que não vão bem no ensino regular. Mas seu método educativo não é tão exótico assim. Ele é todo baseado nos jogos epistêmicos, uma espécie de RPG (role playing games), no qual os alunos simulam situações cotidianas e pensam em soluções para os problemas que vão surgindo. "Os desafios que as nossas escolas enfrentam hoje são importantes demais para ficarmos isolados. Precisamos preparar os alunos para o mundo real", diz David Shaffer, professor de pedagogia da Universidade de Wisconsin e chefe do projeto de jogos epistêmicos para uso na educação. A ideia básica do Minddrive é apresentar um grande desafio real aos alunos e, sob a orientação de um instrutor, fazer com que eles encontrem as soluções para este problema. O aprendizado viria naturalmente, como consequência do processo. De fato, depois de entrar no reforço, quase todos os adolescentes melhoraram seu desempenho na escola tradicional.



  • Fonte Nova, educação velha

    Governo federal desmoraliza educação ao investir R$ 323 milhões para a Arena Fonte Nova e apenas R$ 133 milhões para a Educação
    10.01.2014 12h14m
    Recomendar


    Dados do Portal de Transparência da Controladoria Geral da União (CGU) foram utilizados pela Agência Pública, organização especializada em jornalismo investigativo, para mostrar que em Salvador o financiamento federal para construção da Nova Arena Fonte Nova entre 2010 e 2013 foi superior ao repasse da União destinada a Educação na capital baiana no mesmo período. Foram R$ 323 milhões de repasses federais para a Arena Fonte Nova e R$ 133 milhões para a Educação.

    Na capital, é visível a disparidade entre os investimentos nas áreas de educação e futebol. Na foto que copiei do G1 publicada em uma reportagem de março de 2012 mostra a fachada da Escola Estadual Helena Celestino Magalhães, localizada no bairro do IAPI, em Salvador. A outra mostra a imponência da Nova Arena Fonte Nova, um complexo esportivo para ninguém colocar defeito. A foto da escola é o retrato fidedigno do valor que os governos dão à educação.  
    A situação de decadência também fora constatada em outras capitais. Segundo constatou a entidade, a Arena Pernambuco, em Recife, recebeu financiamento federal de R$ 400 milhões, enquanto o repasse da União para o Ensino nesse mesmo município teria ficado em R$ 123 milhões. Em Belo Horizonte, teriam sido R$ 400 milhões para o Mineirão e R$ 238 milhões para o Ensino. Em Porto Alegre, R$ 275 milhões para o Beira-Rio e R$ 143 milhões para a Educação. Em Cuiabá, o financiamento para a Arena Pantanal foi de R$ 339 milhões, enquanto a cidade teria recebido R$ 220 milhões de investimentos federais para a Educação.
    Apenas no Rio, em Brasília e São Paulo as verbas destinadas ao ensino foram superior às destinadas para construção ou reforma de estádios no período. O país do futebol não é e nunca foi o país da Educação. 



  • Sisu 2014: Vagas para cotistas ficam ainda mais disputadas


    09.01.2014 20h02m
    Recomendar

    As vagas reservadas pela Lei de Cotas ficaram ainda mais disputadas no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). São 25 estudantes para cada oportunidade no ensino superior reservada à política de afirmação social, segundo balanço divulgado pelo MEC nesta quinta-feira. Na ampla concorrência, a relação é de 23 candidatos por vaga. Até a disputa para as ações afirmativas das próprias instituições segue mais acirrada, com 24 inscritos por oportunidade. As inscrições no sistema seguem abertas até às 23h59 desta sexta, no site do Sisu.
    Desde a abertura do Sisu, na madrugada de segunda-feira, a concorrência entre os cotistas cresceu mais do que na disputa geral. No primeiro dia, a relação era de 16 candidatos por vaga. Enquanto isso, na ampla concorrência, o crescimento foi de 18 para 23 estudantes por vaga.
    Ao todo, o Sisu oferece 171 mil vagas em 4.723 cursos de 115 instituições. Segundo a Lei Federal de Cotas, este ano as instituições públicas de ensino superior devem reservar pelo menos 25% de suas vagas para alunos que fizeram todo o ensino médio na rede pública. Metade destas oportunidades será destinada a alunos com renda familiar de até 1,5 salário mínimo. A outra parte será reservada a negros, pardos e indígenas, em divisão feita de acordo com as estatísticas do último Censo da população brasileira feito pelo IBGE. Além disso, toda instituição é livre para destinar outras vagas a suas próprias políticas de ação afirmativa.
    Fonte: O Globo

     



  • Sebrae Bahia abre inscrições para processo seletivo

    Os interessados poderão se inscrever partir desta sexta-feira, dia 3, pela internet
    09.01.2014 17h07m
    Recomendar

    Já estão abertas as inscrições para o processo seletivo do Sebrae Bahia. Os interessados em concorrer podem se inscrever para os cargos de Analista Técnico I e II (nível superior) e Assistente II (nível médio) até o dia 24 de janeiro de 2014 pela internet. O edital já está disponível no site da Fundação Cefet Bahia e os salários variam de R$ 1.437,34 a R$ 5.137,92, mais benefícios.
     
    Os valores das taxas de inscrição são de R$ 60, para nível superior, e R$ 40 para nível médio. O candidato deverá preencher o formulário via internet e imprimir o boleto bancário para realizar o pagamento da taxa correspondente à opção do cargo, em qualquer banco vinculado ao Sistema de Compensação Nacional.
     
    O processo seletivo será constituído de uma etapa, com a realização de prova escrita, de caráter eliminatório e classificatório, abrangendo os programas descritos no edital, composta por 52 questões objetivas e 01 questão dissertativa, aplicadas para todos os candidatos inscritos em todos os cargos.
     
    Os aprovados na seleção vão atuar em áreas como Finanças, Contabilidade, Orçamento, Auditoria, Pessoal, Atendimento e Orientação Empresarial, Agronegócios, Economia Criativa, Comércio e Serviços, Inovação e Tecnologia, Indústria, Tecnologia da Informação e Gestão de Projetos.
     
    As provas serão aplicadas exclusivamente nos municípios de Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Eunápolis, Barreiras e Jacobina, no dia 23 de fevereiro, no turno matutino, devendo o candidato optar pelo município de realização da prova no ato da inscrição. Qualquer alteração de data, local e/ou turno será especificada oportunamente. As provas terão duração de 3h30, com início previsto para as 9h, considerando o horário local.
     



  • ONU aprova Década Internacional de Afrodescendentes

    Governo brasileiro empenhou-se diretamente nas negociações que levaram à proclamação da Década. Meta é combater preconceito, intolerância, xenofobia e racismo
    09.01.2014 16h28m
    Recomendar

    Aumentar a conscientização das sociedades no mundo quanto ao combate do preconceito, da intolerância, da xenofobia e do racismo. Este é o objetivo da Década Internacional dos Afrodescendentes, criada por resolução da Assembleia Geral da ONU no dia 23 de dezembro último. Com o tema “Afrodescendentes: reconhecimento, justiça e desenvolvimento”, a Década será celebrada de 1º de janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2024.

    A abertura oficial do decênio ocorrerá entre setembro e dezembro deste ano, logo após o debate geral da sexagésima nona sessão da Assembleia Geral da ONU – Organização das Nações Unidas. Instituída, a Década dos Afrodescendentes deverá impulsionar a Declaração e o Programa de Ação da Conferência Mundial contra o Racismo, a Discriminação Racial, a Xenofobia e Intolerância Correlata, ocorrida em Durban, África do Sul, em 2001.

    Enfatizando a resolução da ONU que proclamou 2011 como o Ano Internacional dos Afrodescendentes, o documento que cria a Década destaca que apesar de muitos esforços pelo mundo, “milhões de seres humanos continuam a ser vítimas do racismo, da discriminação racial, da xenofobia e da intolerância relacionada, inclusive suas manifestações contemporâneas, algumas das quais tomam formas violentas”.

    O documento reitera também que todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos e têm a capacidade de contribuir de forma construtiva para o desenvolvimento e bem-estar da sociedade.

    No dia 26 de dezembro, o governo brasileiro manifestou,  por meio de nota divulgada pelo Itamaraty, "sua grande satisfação pela proclamação da Década Internacional dos Afrodescendentes, aprovada pela Assembleia Geral da ONU", afirmando que a iniciativa buscará aumentar a conscientização das sociedades no combate ao preconceito, à intolerância e ao racismo. 

    Segundo a nota, o governo brasileiro "empenhou-se diretamente no processo de negociações que levou à proclamação da Década'.



  • Em dia de jogo do Brasil as aulas serão suspensas em Feira


    08.01.2014 12h25m
    Recomendar

    As aulas na rede municipal de ensino serão suspensas nos dias em que o Brasil entrar em campo durante a Copa do Mundo. Entretanto, diz secretária de Educação, Jayana Ribeiro, estes dias serão repostos aos sábados, para que se tenha 200 dias letivos. Se a Seleção chegar à final serão cinco dias sem aulas - com jogos em dias úteis.

    Na primeira fase, o Brasil vai entrar em campo três vezes. A estréia na competição será no dia 12 de junho, uma quinta-feira, contra a Croácia, às 17h, no Itaquerão, em São Paulo. Depois, enfrenta o México, no Castelão, em Fortaleza, no dia 17 de junho, uma quinta-feira, às 16h.
    A Seleção encerra sua participação na primeira fase contra Camarões, no dia 23, segunda-feira, às 17h, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

    Se passar às oitavas de final, o time brasileiro tem duas datas para entrar em campo – a depender da colocação no Grupo A. Se ficar em primeiro lugar, joga no dia 28 de junho, sábado, no Mineirão, em Belo Horizonte, e se ficar em segundo, disputa a passagem às quarta de final no dia 29, domingo, no Castelão, em Fortaleza.

    O time brasileiro caso siga em frente, vai disputar a fase quarta de final no dia 4 de julho, uma segunda-feira. A semifinal vai ser disputada na terça-feira, 8 de julho e a decisão da Copa do Mundo vai acontecer no dia 13 de julho.
    Fonte: Secom/PMFS



  • 44% das vagas abertas no Sisu são destinadas para cotistas


    06.01.2014 17h35m
    Recomendar

    Do total de vagas disponibilizadas nesta edição do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), quase 44% são destinadas a ações afirmativas - seja por meio da lei de cotas, seja por políticas definidas pela própria instituição. No ano passado, a porcentagem de alunos cotistas foi a mesma .
    Ao todo, 171.401 vagas estão no sistema, criado em 2010 para unificar a oferta de vagas de instituições públicas. No site, é considerada apenas a nota no Enem para ingresso no ensino superior.
    Desse universo, 64.082 são referentes à lei de cotas, que prevê a reserva de vagas a estudantes que fizeram o ensino médio na rede pública de ensino. Neste ano, ao menos 25% das vagas devem ser reservadas para esse público -até 2016, serão 50%.
    Outras 11.066 vagas são de ações afirmativas definidas pelas universidades e institutos que participam do Sisu. "A lei de cotas estabeleceu um patamar mínimo e um padrão nacional, mas isso não significa que as universidades não possam ter políticas próprias. Boa parte do sistema já se antecipou aos 50%.", disse o ministro Aloizio Mercadante (Educação), em coletiva de imprensa, nesta segunda-feira (6).
    Até a manhã de hoje, 418,4 mil estudantes já haviam feito inscrição no Sisu.
     



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia