Em cima da hora:
Queda de energia em Brotas deixa serviço da Defesa Civil fora do ar
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Professores não se rendem


    05.06.2012 11h30m
    Recomendar
    Professores não se rendem
    Professores foram unanimes na manutenção da greve | Bahia Notícias

      greve dos professores foi mantida por unanimidade, após votação da assembleia-geral da categoria realizada hoje pela manhã, em frente à sede da Secretaria da Educação do Estado (SEC), no Centro Administrativo da Bahia – CAB – em Salvador.

    Assim como na última terça-feira (29), o critério sobre a manutenção do movimento foi o pedido para que quem queria o retorno às aulas levantasse as mãos. Os cerca de dois mil professores presentes ao evento ficaram imóveis. Após a decisão, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia – APLBRui Oliveira, se emocionou: “Àqueles que achavam que o movimento ia acabar hoje é porque eu era candidato, aviso que não sou. Estou com a categoria. Filiado ao PCdoB, o dirigente sindical era cotado como postulante a vereador da capital baiana nas eleições deste ano.

    FONTE: Site Bahia Notícias 



  • DRT para radialistas


    05.06.2012 11h18m
    Recomendar

    A Unirb – Faculdade Regional da Bahia – campus Salvador, está com inscrições abertas para o curso de formação em radialismo. A iniciativa, idealizada pelo departamento de jornalismo da IESUnidade de Ensino Superior – tem por finalidade formar profissionais habilitados para atuar em rádio, agência de publicidade e outras instâncias da comunicação.  O curso terá duração de 13 meses e mensalidade de R$ 350,00. As aulas, que começaram em julho, serão ministradas uma vez por semana, sempre às sextas-feiras ou aos sábados.

    Ao final, todos os cursistas concluintes vão receber o registro profissionalDRTexigido para o exercício legal da profissão e reconhecimento em todo o território nacional. As inscrições para participação no curso devem ser feitas no link http://portal.unirb.edu.br/sistema_inscricao/. Mais informações no telefone (71) 3368-8300.



  • Wagner não agrada e greve deve continuar


    05.06.2012 01h31m
    Recomendar

    A proposta recolocada pelo governador da Bahia Jaques Wagner não agradou aos professores representantes do movimento grevistas. De acordo com matéria (leia aqui) publicada no site de o Correio da Bahia, a greve, que parecia estar perto fim, deverá continuar.

    Interpretando a posição do governo durante a rodada de negociação com representantes do poder e dos grevistas ocorrida na noite de ontem (segunda-feira, 04) o segundo secretário da APLB, Claudemir Nonato, disse que “o governo com uma mão e tira com outra”.

    Por conta disto, o comando de greve e os docentes paralisados vão se reunir novamente hoje, às 9 horas da manhã, na sede da Secretaria da Educação, em Salvador, para discutir as minúcias da proposta reapresentada pelo governador durante a manhã de ontem em entrevista na tv aberta e os rumos que o movimento vai tomar a partir de então.

    Ao jornal o segundo secretário, criticando a decisão de Wagner, disse: "A proposta quer retirar esse percentual concedido. O governo quer retirar direitos consolidados. Além de não contemplar os aposentados, o que a gente até podia entender, o governo deixaria as promoções congeladas por 2 anos". Isto segundo Claudemir é um absurdo visto que esse é um direito adquirido a cada três meses.

    Em contrapartida o governador foi categórico e atacou: "Esse ano é impossível, pois teria um impacto que não estava previsto no orçamento porque eu tenho uma Lei de Responsabilidade Fiscal para cumprir. Eu quero saber onde está intransigência, do lado de ou de ".

    Enquanto essa briga de foice no escuro não chega ao fim, os milhões de estudantes seguem “caminhando contra o vento sem lenço e sem documento” e o que é pior sem exemplo nenhum a seguir.

     

     



  • Escola defende meio ambiente


    04.06.2012 19h20m
    Recomendar
    Escola defende meio ambiente
    O evento começa às 9 da manhã em frente a escola

    Pela segunda vez consecutiva, a Escola Municipal Célida Soares Rocha, localizada na Rua Góes Calmon, bairro Rua Nova, vai realizar Passeata Ecológica em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, neste 5 de junho de 2012, a partir das 9 horas da manhã.

    Segundo a direção da unidade de ensino, o objetivo do evento é conscientizar a comunidade da Rua Nova e bairros adjacentes sobre a importância da realização de ações sustentáveis visando amenizar os impactos dos problemas ambientais na comunidade.

    Durante a passeata, estudantes, pais, professores e diversos integrantes da comunidade vão emitir mensagens dizendo que preservar o meio ambiente é muito importante para que se tenha um planeta saudável e rico em recursos naturais no futuro.

    Além disso, todos vão aproveitar o dia de reflexão e ação para listar quantas ações podem ser feitas para que cada um colabore na preservação do meio ambiente. A direção acredita que se todo mundo fizer um pouquinho pelo meio, o ambiente se salvará por inteiro.



  • WAGNER RESOLVE FALAR


    04.06.2012 11h00m
    Recomendar
    WAGNER RESOLVE FALAR
    Jaques Wagner, governador da Bahia | Divulgação

    Enquanto Neto e Germano Barreto debatiam, nos estúdios da rádio Sociedade de Feira de Santana questões relacionadas à greve dos professores na Bahia, o governador Jaques Wagner resolveu falar publicamente sobre a situação da educação na Bahia.

    Em entrevista concedida hoje pela manhã a uma rede de televisão, o governador propôs antecipar reajuste e reafirmou que pagará os professores quando voltarem à sala de aula.

    O jornal Correio da Bahia, veiculo do mesmo grupo da emissora, fez cobertura da entrevista. Abaixo, reprodução da matéria publicada no site oficial do jornal.

    Jaques Wagner ofereceu, como proposta para retomar as negociações com os professores em greve na Bahia, a antecipação de reajustes para outubro deste ano e abril de 2013. Em entrevista à TV Bahia nesta segunda-feira (4), o governador disse que um aumento maior do que os 6,5% concedidos este ano ultapassaria o previsto no orçamento.

    "Nós fizemos uma oferta para que esse reajuste fosse de 4%, em novembro de 2012, e 3%, em abril de 2013, na forma de progressão na carreira, o que representa um aumento entre 22% e 26% até 2013, incluíndo os 6,5% e 11,5% que foram dados. Eu estou recolocando essa proposta", disse.

    Segundo Wagner, o aumento de 22% pedido pelos professores e que teria sido acertado em um acordo com representantes da Secretaria de Educação extrapolaria o orçamento. "Esse ano é impossível, pois teria um impacto que não estava previsto no orçamento porque eu tenho uma Lei de Responsabilidade Fiscal para cumprir. Eu quero saber onde está intransigência, do lado de ou de ", afirmou.

    Wagner ainda reafirmou que pagará os salários dos professores caso eles retomem às aulas. "Minha preocupação maior é com as aulas dos jovens. O ano esta em curso, vamos para 56 dias de greve, e tenho dito o tempo todo aos professores que a negociação está sempre aberta, mas é preciso devolver aquilo que é sagrado: as aulas".

     Ainda segundo Wagner os professores precisam apresentar um calendário de reposição de aulas para retomar as negociações. "Pagamos o piso, que é de R$ 1.659, acima do nacional, que é R$ 1.451. Eles [professores] se levantaram da mesa, entraram em greve, e nós fomos obrigados a cortar o ponto. Eu estou recolocando a proposta. Cabe a eles aceitarem ou não. Mas é preciso que as aulas sejam retomadas e que eles apresentem um calendário de reposição. A proposta está na mesa", finalizou.



  • JORNAL NA ESCOLA


    04.06.2012 09h58m
    Recomendar
    JORNAL NA ESCOLA
    O projeto será executado em todas as escolas da rede municipal | Filipe Oliveira

    Com o objetivo de apresentar o jornal como instrumento didático-pedagógico no cotidiano das escolas municipais de Feira de Santana, a equipe técnica do projeto Jornal na Escola participou de dois encontros de formação continuada desenvolvidos, simultaneamente, pela Secretaria Municipal da Educação, na última sexta-feira (1º).

    Durante os encontros, os formadores, coordenadores pedagógicos e os quase 50  professores tiveram a oportunidade de conhecer a dinâmica de funcionamento do Projeto, idealizado pelo departamento de Educação do Jornal Folha do Estado, composto por pedagogos, professores e jornalistas, que será desenvolvido em todas as escolas do município.

    Segundo o professor e jornalista Danilo Guerra, editor do blog www.professorreporter.jornalfolhadoestado.com e coordenador do projeto, a ideia nasceu a partir de análise de resultado da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, publicada em março deste ano, revelando que metade da população brasileira não é leitora. “Esse retrato é estarrecedor e nós, enquanto veículo de comunicação, não podemos ficar indiferentes à questão, que pode, inclusive, comprometer o desenvolvimento da nação. Propomos  desenvolver um trabalho de parceria com as escolas para aplicar uma metodologia diferenciada, a fim de que o estudante volte a se encantar com o fantástico mundo da leitura e, a partir daí, formar-se cidadão mais crítico”.

    Entendendo a importância da casadinha jornal/escola, a professora Eliana Carlota, técnica da Secretaria e gestora dos encontros, considerou oportuna a iniciativa do jornal. De acordo com a professora, o foco das discussões é a construção de estratégias para fortalecer a leitura dentro e fora do espaço escolar. “Este projeto vai contribuir na formação de estudantes leitores, o centro da nossa discussão”, complementou.

    Horácio Amorim, membro da equipe do projeto, assegura que é grande a adesão por parte dos professores e coordenadores municipais. “Desde a primeira apresentação, realizada em 22 de maio, o projeto foi apresentado a quase 120 educadores municipais e nas próximas semanas mais coordenadores conhecerão o projeto.”

    As escolas recebem um exemplar do jornal Folha do Estado por sala de aula e diretoria desde 15 de maio, mas “o projeto não se limita apenas à disponibilização dos jornais. uma didática ampla, com olimpíadas culturais, palestras e eventos de premiação e espaços exclusivos no nosso portal e no impresso”, conclui o coordenador.

      



  • Debate: Germano x Zé Neto

    Um duelo de foice no escuro
    03.06.2012 18h11m
    Recomendar
    Debate: Germano x Zé Neto
    Zé Neto e Germano duelam sobre greve na educação baiana | Divulgação

    duelo está marcado para as 7 horas da manhã desta segunda-feira, 04 de junho. A arena será o estúdio da rádio Sociedade de Feira de Santana, 970 AM, durante o programa Acorda Cidade sob o comando do radialista Dilton Coutinho dois gladiadores vão debater a questão da greve da educação na Bahia que dura quase 60 dias.

    De um lado, o deputado José Neto (PT), que defenderá os interesses do governo do Estado. Do outro, o professor Germano Barreto que mostrará os prejuízos causados pela paralisação e os reflexos disso no bolso do professores da rede estadual.

    Uma hora depois do debate, todos os professores grevistas vão realizar, pela segunda vez este ano, a Feira do Cacareco, em forma de protestona Avenida Getúlio Vargas, em frente à prefeitura municipal.

    Isto porque a greve ainda segue irresoluta.  O motivo continua o mesmo: um impasse entre grevistas e governo do Estado. A APLB promete que os professores retornarão quando for dado o reajuste de 22,22% no salário de toda a categoria. O governo diz que não tem condições de atender à reivindicação por conta da Lei de Responsabilidade Fiscal, mas que está aberto à negociar depois que os docentes estiverem novamente em sala de aula.

    Vamos ouvir os gladiadores duelarem nas ondas sonoras do rádio para entendermos de que lado está o problema. Mas enquanto eles não se entendem, mais de um milhão de estudantes, em todo o Estado, estão prejudicados, sobretudo aqueles dasérie do Ensino Médio que vão prestar vestibular agora no meio do ano.



  • Oportunidade para professores


    03.06.2012 18h00m
    Recomendar
    Oportunidade para professores
    As provas estão previstas para acontecer em 5 de agosto

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia – IF Baianoestá com inscrições abertas para dois editais de concurso que juntos oferecem quase 200 vagas distribuídas em dois cargos: professores da educação básica , técnica e tecnológica e técnico-administrativos em educação.

    As vagas estão distribuídas para a Capital e todos os campus no interior do Estado. A remuneração varia de R$ 1473,00 – o menor salário para técnico-administrativo  de nível fundamental – a R$ 6.350,00 – para docentelógico que variação de acordo com a titulação do professor e a sua respectiva carga horária de trabalho.

    As provas serão aplicadas em cinco de agosto em Salvador, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Guanambi, Valença e Santa Inês.

    Os interessados podem acessar os editais completos e fazer sua inscrição através do site do Instituto Saber. Clique aqui e saiba de todos os detalhes.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia