Em cima da hora:
GM investe US$ 500 milhões em rival do Uber
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Jovens realizam I torneio de futebol pela paz no Tomba e região

    O evento acontece na próxima terça-feira, a partir das 7h, no Colégio Caic e vai reunir cerca de 250 jovens e adolescentes que querem paz para os bairros
    24.07.2016 17h45m
    Recomendar

    Acreditando que o esporte é um forte instrumento de valorização da vida, integração social e de fortalecimento da cultura da paz, a União de Jovens das Assembleias de Deus em Feira de Santana – Ujadefs - realiza o I Torneio de Futebol da Ujadefs-área 2, na próxima terça-feira (26/07) feriado municipal em Feira de Santana, na quadra do Colégio Caic, no bairro Feira VII, a partir das 7h da manhã. 

    O evento, que é mais uma ação do projeto Geração de Samuel: jovens que semeiam paz e comunicam esperança, vai reunir cerca de 250 jovens e adolescentes com idade igual ou superior a 12 anos dos 13 bairros onde a Ujadefs-área 2 tem núcleos formados: Tomba, Feira VII, Alto do CAIC, Ildes Ferreira, 35º BI (Itambi), Parque Tamandari, Vila Verde, Amazonas, Conjuntos Liberdade I e II, Cinco Estrelas, Parque das Mangueiras e Fraternidade. 

    A ideia do projeto é mostrar que na periferia não tem apenas “mãos sujas de sangue”, há também jovens que falam de vida e que estão se levantando como comunicadores da esperança nas comunidades onde convivem. O projeto busca ainda transformar os campos e as quadras comunitárias, pontos de encontro da juventude, sobretudo, nos finais de tarde, em espaços de convivência social e fortalecimento de vínculos humanitários. 

    Recentemente, foi publicado pela imprensa da cidade que o Tomba (em toda sua extensão) foi o 4º bairro mais violento no 1º semestre deste ano com registro de 8 homicídios, perdendo apenas para Aviário (14), Mangabeira (11) e Conceição (9). A estatística aponta que a sociedade clama por mudanças imediatas. Não podemos ver esses números e sermos indiferentes. Precisamos nos mobilizar e fazer alguma coisa para reverter esse quadro e instalar a cultura de valorização da vida, onde um dia a cultura de morte prevaleceu. E nada melhor, que motivar o próprio jovem a ser protagonista desta tão sonhada transformação. 

    Para conhecer mais os projetos sociais desenvolvidos pela Ujadefs-área 2, você pode ligar para (75) 98134-4642 ou enviar mensagem via Whats pelo mesmo número e falar com o jornalista Danilo Guerra, coordenador do projeto.



  • No meio do caminho tinha um amor

    Criador da página Neologismo, que tem mais de meio milhão de seguidores, lança seu primeiro livro pela editora Sextante no próximo sábado
    19.07.2016 16h55m
    Recomendar

    Algumas pessoas têm o dom de traduzir os sentimentos em palavras e eternizar cada emoção em forma de crônicas. Matheus Rocha é uma delas. Há mais de três anos ele compartilha em sua página Neologismo, textos sobre o cotidiano. Visto pelos internautas como um "terapeuta das redes sociais", esse baiano de Feira de Santana recebe por mês mais de 1500 mensagens com pedidos de conselhos.

    Em julho, a editora Sextante edita seu primeiro livro, No meio do caminho tinha um amor. Em 50 textos inspiradores e alguns inéditos, Matheus conduz o leitor às diferentes formas de demonstrar afeição pelo outro, seja no fim, meio ou no começo de um relacionamento.

    O enredo vai da saudade que machuca, passando pela esperança de encontrar aquele alguém especial, até as delicias de se apaixonar e viver um romance. A ideia do autor é que o livro possa ser muito mais do que simplesmente uma obra sobre o sentimento. Na introdução do livro, Matheus sugere que o leitor demonstre paixão, compaixão ou até repulsa, se for o caso, mas que não deixe de registrar em cada página seus pensamentos sobre o assunto abordado.

    “Se puder, pegue lápis, caneta, marcador ou algo que o ajude a deixar suas impressões sobre o papel... Qualquer coisa que permita a você interagir comigo, com as palavras, com as frases, com as nossas vidas descritas em forma de texto. Não tenha pena. Risque as páginas se sentir vontade. Vá além de apenas entender o que eu quero dizer. Mostre-me, com suas próprias palavras, que eu estava certo ou perdidamente errado quando escrevi estes parágrafos”, avisa o autor.

    Aliando os textos com as ilustrações de Phellipe Wanderley, o livro é uma ode aos apaixonados. Feito na dose certa, sem filtros de qualquer censura, tal qual este sentimento deve ser.

    Sobre o autor:
    Matheus Rocha nasceu em 1991 em Feira de Santana, na Bahia. Ainda pequeno, rabiscava poemas e textos que narravam seu cotidiano, utilizando-se da escrita como forma de expressão. Graduou-se em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo na Faculdade Anísio Teixeira, em Feira de Santana, e atua na assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Educação de sua cidade. Sem nunca ter parado de escrever crônicas e textos curtos, em 2012 Matheus os reuniu em um lar virtual chamado Neologismo, que inicialmente teve formato de Tumblr, depois migrou para o Facebook, ganhou asas com um blog e hoje passeia também pelo Instagram e pelo Twitter. Aborda assuntos que variam entre amor, amizade, sonhos e vida. Ele fala sobre viver. Sobreviver. Com suas criações, dá vazão à sua missão de ajudar as pessoas a encontrar conforto, e talvez alguma lógica e algum afeto, em toda a confusão que é inevitável na vida de qualquer ser humano. Agora, seus escritos encontram uma nova casa, com este livro publicado pela Editora Sextante.

    Sobre o livro:
    No meio do caminho tinha um amor, de Matheus Rocha
    Páginas: 176
    Formato: 14 x 21 cm​

    Sobre o lançamento:
    Sábado, 23 de julho, 18h, na Entrada E3 do Boulevard Shopping

    Foto: Geovane Peixoto

    Texto: Matheus Rocha



  • Último dia: IBGE encerra inscrições para 7.825 vagas com salários de até R$ 4,6 mil

    A inscrição deverá ser efetuada pelo site www.cesgranrio.org.br
    19.07.2016 15h14m
    Recomendar

    O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) encerra nesta terça-feira (19) as inscrições de dois processos seletivos para um total de 7.825 vagas com salários que vão de R$ 950 a R$ 4.600 em cargos de níveis médio e superior. O maior número de vagas - 7,5 mil - é para contratação temporária para o cargo de agentes de pesquisas e mapeamento. A remuneração será de R$ 1.250. Os contratados, que devem ter ensino médio, vão atuar em 550 municípios distribuídos nos 26 estados e no Distrito Federal. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias.

    Outras 325 vagas são divididas entre agente de pesquisas por telefone (300) e supervisor de pesquisas (25). A remuneração para agente de pesquisas por telefone é de R$ 950. Para supervisor de pesquisas é de R$ 4.600. Para agente de pesquisas por telefone é exigido nível médio completo e 1 ano de experiência comprovada em teleatendimento/telemarketing ativo ou receptivo nos últimos 5 anos.

    A inscrição deverá ser efetuada pelo site www.cesgranrio.org.br. No ato da inscrição, o candidato deverá escolher a UF/município/área de trabalho onde deseja trabalhar e, também, a UF/município/área de trabalho onde realizará a prova. A taxa de inscrição varia de R$ 22 a R$ 100.

    A prova objetiva está prevista para 4 de setembro e terá duração de 4 horas, das 13h às 17h (considerando o horário de Brasília). O resultado final sairá em 3 de outubro.



  • Juventude evangélica realiza Louvorzão de Inverno com Sandro Nazireu


    08.07.2016 11h04m
    Recomendar

    A União de Jovens das Assembleias de Deus em Feira de Santana – UJADEFS Área 2 – realiza o primeiro Louvorzão de Inverno da juventude da Princesa do Sertão. O evento, que objetiva atrair não apenas jovens e adolescentes, mas também, todos aqueles que têm sede de Deus e querem desfrutar da Sua gloriosa presença, acontece na noite da próxima quarta-feira (13) no templo da igreja, localizado na rua México, nº 43, bairro Tomba.

    O evento vai contar com a participação especial do cantor Sandro Nazireu que acaba de lançar o CD Alegria, o terceiro disco da sua carreira pela gravadora Graça Music e recebeu Disco de Ouro pelos dois trabalhos anteriores, os CDs “Evangeliza!”e “Misturados com Deus”. Nazireu é casado, tem dois filhos e é pastor na Igreja Comunidade Esperança, em Feira de Santana.

    O outro convidado especial da noite, é o Pastor Aldemar Oliveira, que vai ministrar aos jovens presentes abordando o tema Derrubando as muralhas que se impõe ao longo da vida da jovens. Além do Nazireu e do pastor, o evento também vai contar com o grupão de cânticos da Ujadefs-Área 2, composto por mais de 200 vozes.

    Jovens e adolescentes de qualquer segmento religioso também estão convidados a participar desse momento de integração, comunhão e abertura ao Espírito Santo. Todos estarão juntos louvando ao único Deus que digno de receber toda honra, glória, louvor e adoração. Quarta-feira, dia 13, às 19h30, na Adefs-Tomba, você não pode perder. Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone (75) 98134-4642 (Danilo Guerra).



  • Pré- congresso Mais Íntimo começa hoje em Feira


    17.06.2016 10h43m
    Recomendar

    A partir de hoje, a Igreja Evangélica Assembleia de Deus, em Feira de Santana realiza o pré-congresso Mais Íntimo do Espírito Santo. O objetivo do evento é reunir as fiéis de diversas igrejas evangélicas e outros de qualquer religião e ateus também para verem e sentirem o mover do Espírito de Deus com sinais visíveis da sua glória.

    Coordenado pelo médico Dr. Joelson Ribeiro, membro ativo da Assembleia de Deus na cidade, o evento reúne três dos melhores conferencistas do Brasil na pregação do evangelho genuíno: Pr. Samuel Procópio (SP); Pr. Gilmar Santos (GO) e Pr. José Carlos de Lima (PB). 

    De acordo com a programação, o evento está previsto para começar às 19h de hoje (sexta-feira, 17/06) e o primeiro a ministrar será o Pr. Gilmar Santos. No sábado pela manhã (18/06) haverá duas ministrações. Às 9h, Pr. Samuel Procópio e às 10h30, Pr. José Carlos de Lima. A mesma dinâmica também será realizada à noite. Às 18h30, Pr. Samuel Procópio e às 20h, Pr. Gilmar Santos. 

    “Estamos orando para que todos que ainda não foram batizados com o Espírito Santo e com fogo sejam batizados com evidência de falar em línguas”, disse o coordenador do evento, Dr. Joelson na esperança de que a glória de Deus encha o templo da igreja que está situado à Rua Vasco Filho, bairro Serraria Brasil, próximo ao Terminal Rodoviário de Feira de Santana.  



  • Normas para comerciantes e foliões no Circuito da Micareta 2016


    26.04.2016 08h40m
    Recomendar
    Normas para comerciantes e foliões no Circuito da Micareta 2016

    Na reta final para os preparativos da Micareta, a Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento econômico, estabeleceu em caráter oficial no último dia 21, as normas a serem respeitadas por comerciantes e foliões no circuito da festa. Buscando aumentar a segurança, evitar incidentes desagradáveis e preservar os direitos comerciais acordados, as regras serão asseguradas através de fiscalização intensa.

    Comidas e Bebidas

    Como já se tornou quase um mantra amplamente reproduzido todos anos, estarão proibidos a utilização e comercialização de espetinhos, garrafas e copos de vidros, pois, estes por serem pontiagudos ou cortantes, podem se tornar potenciais armas durante brigas e confusões durante a folia. As garrafas e copos devem ser substituídos por latinhas e utensílios plásticos. 

    Muito famoso, o churrasquinho "tradicional" na Micareta estará também fora do cardápio dos foliões, pelo menos para aqueles comerciantes que insistirem em fazer o petisco em churrasqueiras, pois, assim como os espetinhos, ela também não poderá estar no circuito da festa. Mas, lembrando que existem outros métodos para vender este prato, como o assado em chapas e servidos em pratos plásticos. 

    Os comerciantes também devem ficar atentos para os horários de reabastecimento do estoque, que foi estipulado das 7h às 11h, principalmente pelo fato que estão proibidos o trânsito de carros e carrinhos de mão, durante a realização da festa, coibindo assim a ação de ambulantes não oficiais e com a intenção também de assegurar maior conforto aos foliões nas vias da festa. 

    Para assegurar os acordos comerciais fixados entre a prefeitura e a cervejaria patrocinadora da festividade, estará proibida a comercialização de produtos de empresas concorrentes, por isso, os comerciantes devem estar atentos ao produto que irão fornecer, para não sofrerem penalidades. Também será proibido ao folião entrar no circuito da festa consumindo essas mercadorias. 

    Penalidades

    Haverá fiscalização durante toda a duração da festa e aqueles que forem enquadrados nas práticas citadas, sofrerão as penalidades de multa e apreensão da mercadoria. O infrator poderá após vinte dias corridos, a contar da data da publicação da Portaria, para retirar qualquer produto ou equipamento apreendido no Circuito da Micareta 2016. 



  • Prefeitura de Coração de Maria abre concurso com mais de 280 vagas

    As inscrições podem ser feitas até o dia 8 de maio pela internet
    19.04.2016 18h39m
    Recomendar

    A Prefeitura Municipal de Coração de Maria (distante a 20 km de Feira de Santana) lançou edital para provimento de vagas no quadro efetivo de servidores do município. São oferecidas 286 vagas em diversos cargos. As inscrições, que podem ser feitas pela internet, estão abertas a partir de hoje e vai até o dia 8 de maio.
    Os interessados em realizar o concurso podem acessar o site da empresa Multydeias Concurso & Consultoria Ldta –ME - www.multydeias.com.br para obterem todas as informações sobre o concurso.


     



  • Saiba o que vai funcionar em Feira durante a Micareta


    19.04.2016 16h33m
    Recomendar

    A Prefeitura Municipal de Feira de Santana publicou hoje a dinâmica de funcionamento do comércio e outras instâncias durante a Micareta 2016. De acordo com o texto foram considerados dias festivos 28, 29 e 30 de abril e 1º de maio.

    Nesses dias, os estabelecimentos comerciais funcionarão em horários excepcionais. A Prefeitura determinou via decreto publicado hoje no Diário Oficial Eletrônico que as empresas devem encerrar suas atividades a partir das 14h de sexta-feira (29) segundo dia da festa e devem permanecer de portas fechadas até ao meio dia da segunda-feira, seguinte (02/05).


     



  • Semelhanças entre Amy Winehouse e um vernáculo da Uefs


    19.04.2016 09h14m
    Recomendar
    Semelhanças entre Amy Winehouse e um vernáculo da Uefs

    Por Sergio Marcone

    Só agora assisti ao documentário da cantora Amy Winehouse (1983-2011) no Netflix (“Amy”, dir. de Asif Kapadia, 2015). A história é mais uma daquelas que retrata a ascensão e queda de uma grande artista, tida como um dos grandes surgimentos no cenário musical mundial. Amy, que iniciou sua carreira aos 16 anos, alcançou o auge da fama com o disco “Back to Black”, de 2006, que incluía sucessos como “Rehab” e a própria “Back to Black”. Chegava a cobrar U$ 1 milhão de dólares para fazer um show. O final do documentário não é um spoiller: todos sabem que a cantora morreu vítima de complicações pelo uso de álcool associadas à bulimia, que ela sofria desde a adolescência (além de álcool ela usava heroína, crack e cocaína).

    Para além da fama e do dinheiro, a história dessa cantora de soul (ou de jazz, como ela preferia nos últimos anos de vida) é também a minha e a de várias pessoas que, talvez, seja seu parente ou alguém que você conheça.

    Fui dependente químico durante 30 anos. Também comecei a trabalhar cedo e em 1995 já era dono de meu próprio negócio. 20 anos depois havia perdido tudo. O uso contínuo de substâncias, mais as internações haviam ceifado meu ganha-pão. Aquela inocente cervejinha na adolescência havia se transformado em minha derrota. Só parei quando a vida me colocou contra uma parede da qual não poderia transpor: a iminência de minha mulher e filhos me abandonarem, menos por falta de amor, mas por não mais terem forças para lutar contra meu vício.

    Tal qual Amy, que mesmo adicta ainda conseguia fazer apresentações e gravar discos, também tive algumas progressões: formei-me em Letras Vernáculas na UEFS em 2004 e ingressei no Mestrado da UFBA em 2007 (era bolsista do CNPq). Como a cantora, que numa de suas apresentações na cidade de Belgrado, atordoada, não conseguiu cantar, eu também não concluí esta pós-graduação. O vício era o meu Brasil e Alemanha em dia de 7x1.

    Em 2010 reiniciei um tratamento psiquiátrico que durou cinco anos. Remédios são importantes. Descobrir qual a origem de ordem psicoemocional e ressignificar esse “trauma” são uns dos focos principais. O adicto não é um coitadinho. Muitas vezes privá-lo de algo enquanto ele não se livrar do vício é importante. Amy assinou um contrato com uma gravadora em que ficaria impedida de gravar caso não se tratasse. Eu fui privado de guiar o carro da família e de ter acesso a dinheiro.

    Bem, nossos destinos não foram traçados na maternidade: Amy faleceu precocemente aos 27 anos e deixou um legado musical digno de grandes divas como Ella Fitzgerald e Billie Holiday (cito aqui uma comparação do genial Tony Bennet feita no documentário). Eu estou curado, sigo minha vida normalmente, voltei a estudar e tenho a honra de estrear estas garatujas neste portal.
    O meu legado está em construção.



  • Disputa interna confirma favoritismo de Robeci e Edvaldo Lima como pré-candidatos da Adefs


    19.04.2016 00h56m
    Recomendar

    Os vereadores Edvaldo Lima e Robeci da Vassoura venceram com folga a prévia realizada na noite desta segunda-feira (14) pela Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Feira de Santana – Adefs – para escolher aqueles que vão representar oficialmente a Igreja nas eleições municipais de outubro deste ano e vão brigar para permanecerem ocupando a vaga de vereador na Câmara Municipal.

    O pleito interno seguiu o modus operandi de uma eleição normal, mas do século passado, com cédulas ainda de papel. Na chapa havia seis nomes dispostos aleatoriamente e cada membro do corpo de oficiais tinha direito a escolher dois nomes secretamente em cabines individuais.

    Apesar do grande número dos presentes, a prévia, coordenada pelo presidente da Adefs – Pastor Joeser Cruz Santana - e demais membro da diretoria da igreja, foi ordeira e não teve tumulto por parte daqueles que estavam diretamente envolvidos na disputa. No entanto, notava-se no recinto uma grande movimentação de assessores que lutavam para convencer os companheiros daquele que se pretendia ser o melhor nome para representar a Assembleia de Deus. 

    A prévia em números

    Seis candidatos, todos membros da instituição, colocaram seus nomes à disposição para disputar as duas vagas. Mas, no páreo, Edvaldo Lima e Robeci da Vassoura levaram a melhor e desbancaram os demais. Dos 387 votos computados pelos coordenadores do pleito eleitoral, Edvaldo levou a maior parte (obteve 39,28% dos votos válidos), em seguida Robeci (26,61%). 

    Uma diferença de 49 votos separa o primeiro do segundo. Kadmiel Mascarenhas obteve 15,5% dos votos válidos enquanto Sargento Joel obteve 8,27%. Os menos votados foram Marcos Gonçalves, que alcançou 5,69% dos votos e João Jorge que ficou com 4,65%. 

    Tanto Edvaldo quanto Robeci contam, agora, com a força da maior igreja evangélica de Feira de Santana (cerca de 15 mil eleitores) para serem reeleitos e continuarem no exercício da vereança. Cabe aos dois fazerem direito as tarefas de casa e não titubearem na escolha daqueles que vão lhes assessorar nas estratégias de marketing político durante sua peregrinação eleitoral tanto em “Jerusalém”, quanto fora dela. 

    O Professor Repórter teve acesso, com exclusividade, ao auditório Severino Soares, onde ocorreu a votação, mas não teve autorização para divulgar fotos do evento. 



  • Mas afinal, o que é o Policiamento Comunitário?


    15.04.2016 17h25m
    Recomendar

    Por Victor Espírito Santo

    Comandante da Base de Segurança da Rua Nova em Feira de Santana 

    Um dos principais equívocos quando se discute a idéia de Policiamento Comunitário, é pensa-lo enquanto mais uma modalidade de Policiamento. Ou seja, fazer uma paralelo com modalidades como Policiamento de Choque e/ou Policiamento Montado. Para além desse nível, ele se propõe a dar um novo significado ao papel institucional da Polícia Ostensiva. Em concordância com o entendimento da ONU, devidamente recepcionado pela Constituição Federal de 1988.


    Feito esse esclarecimento, se faz necessária a desconstrução de alguns "mitos" em torno do Policiamento Comunitário:


    1) O Policial Comunitário é condescendente com a criminalidade?

    Eis um outro grande equívoco a cerca do Policiamento Comunitário. A legislação não permite ao Policial se abster de seu dever institucional. O que há de novo nesse contexto, é a postura do policial ao aplicar a lei. Este por estar em constante diálogo e mais próximo comunidade, aplica a lei de forma mais legítima e com o devido uso moderado da força.


    2) O Policial Comunitário foge de sua competência quando implementa ações e projetos sociais?

    Dentro do processo de implementação do Policiamento Comunitário vem a tona uma grande mudança de paradigma. Onde a polícia que outrora fazia intervenções estritamente repressoras, passa a enfatizar sua atuação no caráter preventivo com estrito diálogo e aproximação com a comunidade. Objetivando criar as condições necessárias para o bem estar social e exercício da cidadania. Desta forma, as ações sociais se apresentam como uma estratégia de aproximação e estreitamento nos laços entre polícia e comunidade.

     

    3) O policiamento comunitário inviabiliza as modalidades de policiamento estritamente especializadas e coercitivas?

    O policiamento comunitário NÃO inviabiliza modalidades de policiamento coercitivas, como por exemplo o Policiamento de Choque. O policiamento de Choque também deve estar intimamente ligado aos princípios que outorgam a concepção de um novo significado do Papel institucional de Polícia. Adotando em suas ações o uso progressivo e moderado da força. Devendo este intervir, com força letal, em extremo caso.

    Analisadas essas questões, e contextualizando com a proposta de Estado Democrático de Direito trazida pela Constituição Federal de 1988, que dentre suas inovações apregoa mudanças estruturais em suas Instituições de Estado, dando a estas também um novo papel institucional, mais próximo da sociedade, a implementação de uma Polícia mais humana e próxima da sociedade deixa de ser uma opção para o Estado e ganha contornos de EXIGÊNCIA.



  • Novo salário mínimo pode ser de R$ 946,00


    15.04.2016 17h13m
    Recomendar

    O salário mínimo no próximo ano deve chegar a R$ 946, valor que consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2017, enviado hoje (15) pelo governo ao Congresso Nacional. Pela proposta, o salário mínimo terá aumento de 7,5% a partir de 1º de janeiro.

    Desde 2011, o salário mínimo é reajustado pela inflação do ano anterior, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) de dois anos antes. A fórmula valerá até 2019.

    Pela proposta, o salário mínimo passará para R$ 1.002,70 em 2018 e R$ 1.067,40 em 2019. Os reajustes também seguem a fórmula estabelecida em lei.

    Fonte: Agência Brasil



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia